Crítica

 

Oscar D’Ambrosio

Jornalista e mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UNESP, integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA)

 

A inquietação de criar é uma marca registrada do trabalho da artista plástica Danielle Jacob. Isso lhe permite desenvolver diversas séries, muitas vezes gerando uma saudável contaminação de uma para outra, construindo um processo marcado pela busca constante de soluções visuais para seu turbilhão de idéias.Suas obras mais recentes apresentam características que já integram pesquisas em desenvolvimento. Elementos geométricos, como faixas retangulares horizontais e verticais, manchas abstratas, texturas, feitas com diversos elementos, como areia e papel, e colagens de jornais e tecidos integram esse universo.A marca pessoal do artista, porém, está na presença de "homenzinhos", realizados com estrema delicadeza, com o traço distintivo de quem tem no desenho o seu berço artístico. Eles dão a cada obra uma intensa vida e indicam como a arte pode ser sempre pessoal quando desenvolvida com seriedade e empenho constante. A força de Danielle Jacob é visível na maneira de controlar o acaso das manchas e no lidar com suas telas em branco e preto. Existe no resultado um encantamento que dá à impressão de simplicidade na feitura. O que ocorre é o contrário: gerar a idéia de que o trabalho foi feito com facilidade é o desafio mais difícil.

©2018 by daniellejacobart. Proudly created with Wix.com